[Rondônia] Pré-Eleições

Com a aproximação do dia da votação das eleições de 2022, o cenário eleitoral de Rondônia vem se definindo. Para o governo do estado, a eleição deve ficar entre os 2 principais nomes da disputa, que se mantiveram como destaques ao longo de todo período da candidatura: o Coronel Marcos Rocha (UNIÃO), atual governador, e Marcos Rogério (PL). O chefe do executivo estadual esteve em primeiro lugar em todas as pesquisas divulgadas até o momento, atingindo até 38% no último levantamento das intenções de voto. Já seu concorrente, Rogério, atingiu 27% dos votos. Em comparação, o terceiro colocado nas pesquisas, Léo Moraes (Podemos), atingiu no máximo 10% durante todo período. Votos brancos e nulos chegam a 8% do eleitorado.

Anteriormente, o nome do empresário ruralista Ivo Cassol (PP) aparecia como um dos personagens de destaque das eleições, porém com a retirada de sua candidatura, os votos estão divididos entre os dois candidatos principais citados. Portanto, existe uma grande possibilidade de que aconteça segundo turno entre Marcos Rogério (PL) e Marcos Rocha (UNIÃO). Vale relembrar que ambos os nomes são integrantes da base política e ideológica do Presidente Jair Bolsonaro (PL).

Ainda, no dia 27/09 (terça-feira) foi realizado, pela Rede Amazônica, filiada à Rede Globo TV, o último debate entre os candidatos ao governo estadual antes da eleição. Estiveram presentes os candidatos: Coronel Marcos Rocha (União Brasil), Daniel Pereira (Solidariedade), Léo Moraes (Podemos), Marcos Rogério (PL) e Pimenta de Rondônia (PSOL). Os candidatos aproveitaram o momento para relembrar suas ideias e ideologias base, que vem guiando suas campanhas. Sem muitas surpresas durante o debate, os destaques foram para Coronel Marcos Rocha (UNIÃO), que expos o que já foi feito em sua atual gestão e divulgou os objetivos em caso de reeleição.

No que tange à vaga do Senado Federal, a disputa está entre 3 candidatos: Mariana Carvalho (Republicanos), Expedito Júnior (PSD) e Jaqueline Cassol (PP). Mariana integra a chapa do atual Governador Marcos Rocha (União) e esteve liderando as pesquisas de intenção de voto, chegando a 21% do eleitorado. Na última pesquisa, empatada com Mariana em primeiro lugar, está Jaqueline Cassol, que também chegou aos 21% de votos. Jaqueline integrava a chapa de Ivo Cassol (PP). Em seguida nas pesquisas, surge Expedito Júnior, político experiente que ocupa atualmente o cargo de presidente do PSD no estado de Rondônia, com cerca de 20% dos votos. Portanto, a disputa para o Senado se mantém incerta. Levando em consideração o desenrolar das pesquisas eleitorais durante o ano, a análise é que existe a possibilidade de qualquer um dos 3 assumir a vaga.

Artigo elaborado pela equipe da Umbelino Lôbo Assessoria e Consultoria em 29/09/2022.

compartilhar

Ir para o conteúdo